Mais um post com as fotos da nossa viagem pra Buenos Aires/ Argentina! Pra quem não viu, a primeira parte saiu semana passada. As fotos que colocamos dessa vez, são do terceiro e quarto dia que passamos por lá: Caminito, La Bombonera e Zoo Luján.

null

O Caminito é meu lugar preferido de Buenos Aires, desde sempre. Acontece que a primeira vez que visitei, estava super nublado, e como fui muito cedo, quase tudo fechado e vazio. Dessa segunda vez deu pra aproveitar muito mais (tanto que a maioria das fotos do post são de lá).

Eu sou meio a-louca-das-cores e não tinha como não gostar de um lugar assim. As casinhas de madeira e telhas que formam a rua e dão espaço às lojinhas e restaurantes, originalmente eram pintadas com as tintas que sobravam das embarcações e os marinheiros traziam pra casa. Além disso, é um dos bairros mais tradicionais e culturais de Buenos Aires. Tem muito tango, artesanato, museus, artistas de rua, etc.

null

null

null

null

null

null

null

null

null

null

Depois de andar algumas quadras (mas mesmo de longe dá pra ver, por ser tão alto), encontramos o estádio do Boca Juniors, o La Bombonera. Mesmo não gostando muito de futebol, resolvemos fazer a visita guiada, porque né, já estávamos lá mesmo, hehe. E acabou sendo um dos passeios mais legais da viagem. Muito divertido saber das curiosidades do estádios e do time, e aguentar zoação de portenho que não tem noção do perigo, hahaha. Os brasileiro pira. :P

O La Bombonera tem esse nome porque sua maquete foi feita dentro de uma caixa de bombom, lá dentro também tem um museu, assim como a gente tem alguns por aqui.

null

null

null

null

null

E aí, tiramos um dia inteiro pra ir até uma cidadezinha chamada Luján, a duas horas de distância de Buenos Aires. Luján é uma cidade religiosa da Argentina, assim como Nossa Senhora da Aparecida é pra gente aqui do Brasil. Acontece que no caminho pra lá, a gente encontra o Zoo de Luján, um zoológico que seria até normal, se a gente não pudesse tipo dar comida pra elefantes, andar de dromedário e fazer carinho nos leões.

O local é bem simples, e até então eu estava com o pé atrás dos bichos serem maltratados ou algo do tipo. Não dá pra saber com toda certeza, mas não pareceu nada disso, pelo contrário. Foi uma experiência incrível ter esse outro tipo de contato com os animais. Pelo menos aqui em São Paulo, quando a gente vai no zoológico, mal dá pra ver os bichos, por exemplo. Mas é claro que as cagonas desse blog só tiveram coragem de entrar na jaula dos filhotes. :P

null

null

null

null

Bem, espero que vocês ainda não estejam enjoados desses posts, semana que vem sai a última a parte! ;)