Depois de séculos, mais um post dessa tag, que agora virou uma categoria! Por enquanto, é o último, pois não sei mais quais dúvidas colocar por aqui… hahaha! Por isso fiquem à vontade para sugerir! Para ver os demais posts dessa série, clique aqui.

Muita gente nos escreve querendo saber dicas e informações de como começar na fotografia analógica ou até mesmo digital. Na verdade, eu diria que essa dúvida é uma das campeãs nos emails recebidos. Por isso conversando entre a gente, decidimos fazer essa série de posts com dicas e uma compilação de links de posts do blog e de outros sites. Não se esqueçam que como o título do post diz, essas dicas são para iniciantes e fizemos um resumão de muita coisa. Fiquem a vontade para sugerir perguntas no decorrer dessa série. Espero que gostem e seja útil pra todo mundo. ;)

null
Foto de  Ashley Llanes

“O que é ISO?”
ISO é uma “medida” usada para a sensibilidade do sensor ou do filme à luz. Quer dizer o quanto seu filme ou sua câmera (nos casos das digitais) consegue receber luz. Junto com a velocidade e abertura, são as três principais configurações que precisamos nos preocupar para fotografar manualmente. Quanto maior o ISO que estiver usando, mais granulada a foto fica. Isso acontece porque como sua superfície recebe mais luz, consequentemente recebe menos informação de cores.

Para ler:
Entendendo ISO;
ISO alto: usar ou não usar, eis a questão;

nullFoto de  Peter ZZZ

“O que é velocidade e abertura?”
Velocidade é o tempo que o obturador (um mecanismo da câmera) fica aberto. Nesse tempo, o sensor recebe a luz continuamente. A medida é dada em fração de segundos (1/250, 1/400, 1″). Já a abertura, é o quanto o “buraco” da lente está aberta, e consequentemente, o quanto de luz consegue entrar. Também é muito útil para determinar a profundidade de campo, mais abaixo, tem explicação sobre isso. ;)

Para ler:
Entendendo obturador e diafragma;

nullFoto de 3oneseven

“O que é o mm da minha lente e quais os tipos existentes?”
Os mm são a distância focal da sua lente, é a medida que define o quanto você consegue “ver” a partir de uma lente. Eu só consegui entender bem como funcionava essa medida quando me disseram que a lente de 50mm é a mais parecida com o olhar humano. Ou seja, quando você olha uma cena, ela está “cortada” certo? Você só consegue ver até certo corte e não 360º por exemplo, as lentes funcionam do mesmo jeito.

A lente de 50mm é um pouco fechada, já a lente de 8mm é bem aberta. Isso quer dizer: quanto maior o valor, mais fechada, e menor o valor, mais aberta, mais conseguimos enxergar da mesma cena.

As distâncias focais ainda são divididas em alguns termos:
– Grandes angulares são as lentes com distância focal de até 50mm, são bem abertas e boas para paisagem, ambientes, etc, pois elas conseguem “pegar tudo”, dependendo da lente, distorce as bordas, como a Fisheye, por exemplo.

– As teleobjetivas vão de 50mm até 200mm, são mais fechadas, ou seja, boas para fazer fotos de assuntos que estão longe-mas-nem-tanto (como em fotos de esporte, por exemplo, os fotógrafos costumam usar lentes de 135mm a 300mm). Também são usadas para fazer retratos, pois têm uma menor profundidade de campo (que nada mais é um efeito que descreve até quanto os assuntos de uma foto parecem nítidos ou não).

– Super Teleobjetivas são as que têm mais de 200mm, usadas para fotografar assuntos que estão muito-muito-muito longe, como a lua. Os paparazzi usam, por exemplo, para fotografar as celebridades.

Para ler:
Entendendo lentes;
Aprenda a fotografar em 7 lições

Não se esqueçam de deixar nos comentários perguntas que querem ver nessa tag, viu? E que também, existe a busca do blog, as vezes sua dúvida já foi respondida. ;)