Quando soube que a Nicas (ela já apareceu aqui no post sobre o workshop da LomoKino) estava em Honk Kong, e que ela já tinha ido na Lomography de lá, pedi para ela fazer um post contando um pouco como é a loja para a gente ficar sabendo como são as Lomographys pelo mundo!

Assim que soube que eu ia pra Hong Kong, a primeira coisa que fiz foi procurar loja da Lomography.  E, como diz a Lari, fiquei loucadocu quando vi que eles tinham DUAS!

A primeira loja que conheci fica em Kowloon, que é uma região parecida com a da Paulista aqui de São Paulo. E que difícil de achar! Anotei o endereço e fiquei zanzando no número marcado parecendo o Harry Potter procurando a Plataforma 9 e 3/4. No lugar tinha uma loja de peixes, desses dourados de aquário. Caçando no 4sq, descobri que a entrada ficava na lateral do prédio (!), num beco escondido, mas até que charmoso.

Tava animadíssima, afinal, a loja fechava às 23hrs, estava imaginando grandes happy hours e workshops. Fuuuuu enorme pra mim, a loja era só uma… loja. Nada das bagunças que a gente faz na Lomography aqui de São Paulo. Fui descobrir depois que essa unidade é pra ser assim, mais simples mesmo.

Só depois fui visitar a loja original, a primogênita, a queridinha, que fica na região Central, é maior e segue bem o padrão da nossa loja da Augusta (mas, ainda é pequena, como quase tudo em HK). Essa sim tem algumas festas (embora não tantas quanto nós) e oficinas de verão, que são pagas, mais ou menos 100 reais por módulo, sem direito ao filme (!!!). Mas ela tinha essa câmera GIGANTE no segundo andar e aí não tinha como não morrer de amores.

Os preços são muito parecidos com os nossos, só decidi comprar a minha Diana mini por lá (com um empurrãozinho da Natália), porque fiquei sabendo do aumento de preços da loja brasileira, e saía um pouco mais em conta. Também comprei um kit de filtros pra minha lente Holga que uso na Nikon, porque não tinha certeza se vendia por aqui, custou 70 reais.

Os modelos são os mesmos do Brasil, mas com menos opções de cores. Eles quase não recebem as edições especiais. Fora a Fisheye baby que já tinha aos montes e duas edições da LCA, nenhuma novidade.

Espero que gostem desse post especial feito pela Nicas, aproveitem e visitem o Blog dela que ela conta como foi sua viagem! Ah, quero também agradecê-la pelo carinho e estou ansiosa para ver os resultados da sua Diana Mini, hihi! Valeu, sua linda! :*

E quem quiser mais ~Lomos do mundo~, a Julie já fez post das Lomos de NYC e San Francisco. ;)