null

Quando comprei minha Fisheye no.2, fiquei em dúvida se comprava ela ou a Fisheye One. Apesar do resultado ser quase igual, fiz uma pesquisa e descobri: as diferenças vão além dos números One e Two.

null

Vamos começar pelo começo:

As lentes fisheyes (olho de peixe) foram originalmente desenvolvidas para ajudar os meteorologistas a fotografar todo o céu e as formações de nuvens para estudo. A lente possui um ângulo de visão de 170 graus, o que dá esse efeito circular e engraçado. Mas para captar as coisas, a câmera tem que chegar BEM PERTO do objeto a ser fotografado.

E as diferenças?

• A Fisheye One, além de ser mais barata (R$179), também é um pouco menor que o outro modelo e não tem aquele viewfinder externo.

• Ela tem flash embutido e está disponível em várias cores diferentes. Usa filme 35mm, bem fácil de usar. E acaba por aí.

‘Mas como assim?’ – Simples, ué. A Fisheye One é simples assim.

A Fisheye no.2 tem todas essas especificações, mas além de ser um pouco mais cara (R$309), ela tem três coisinhas a mais:

• Aquele viewfinder bonitinho em cima da câmera

• Faz dupla exposição

• Faz longa exposição (modo B).

E fazer dupla-exposição, é importante para uma câmera?

Bom, como vimos em uma das fotos no Revelei da Natália, dupla exposição é uma coisa incrível e pode te dar milhares de resultados interessantes. Fica a dica, então – vale a pena investir alguns reais a mais na compra da Fisheye no.2. ;)

null

null

null

Quem aí tem uma dessas duas câmeras?