Como muitos de vocês devem saber, minha profissão é webdesigner, trabalho nessa área tem quase 8 anos, então, estou super adaptada com todas as ferramentas, desde Photoshop até Flash. Sempre que baixava uma versão nova do Photoshop vinha esse tal de Adobe Bridge que eu nunca entendi muito bem pra que servia, até ter algumas aulas de introdução no curso de fotografia. Não aprendi a fundo, claro, mas queria mostrar pra vocês no que ele mais me ajuda e no que mais uso.

A primeira coisa: se vocês fotografam em raw e usam windows, devem saber que é bem chato visualizar os arquivos puros, né? É preciso abrir ou o Photoshop ou o Lightroom, que são mais pesados. Para ensaios e festas, que a quantidade de imagens é enorme, fica inviável abrir tudo e só então escolher as favoritas. É pesado, lento e demorado. Pois então, o Bridge é perfeito para situações como essa! Ao contrário do Lightroom que cria uma biblioteca própria, o Bridge acessa suas pastas normalmente ou até direto da sua câmera ou cartão. Por exemplo, essa é minha pasta de fotos.

null

Clicando em uma imagem e apertando a barra de espaço, vocês conseguem ver a foto em tamanho maior e ir passeando entre todas usanto as setas:

null

Enquanto você navega, pode usar seu teclado numérico para selecionar suas imagens favoritas, por exemplo: número 1 (uma estrela), número dois (duas estrelas), e assim por diante, até cinco estrelas. Se acontecer de se arrepender, basta apertar o número 0 que fica sem nenhuma estrelinha. Depois de selecionar suas imagens favoritas, é possível usar um filtro e visualizar somente elas:

null

null

Pronto, agora é só selecionar todas e clicar nesse ícone para abrir o Adobe Camera Raw e começar o tratamento:

null

Os ícones que aparecem perto das fotinhos quer dizer que essas fotos já foram tratadas! No Bridge também é possível criar pastas, arquivos, filtros que ficam todos gravados no seu computador e saber o código exif das imagens. Bom, eu uso esse programa basicamente pra isso, e sofria muito para selecionar as fotos antes de conhecê-lo. Espero que gostem da dica! Se quiserem outros posts assim, me digam nos comentários. Gostariam de algum post sobre o Adobe Camera Raw?